quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Dia do Orgasmo

Parece que ser mulher com status social é sinônimo de desprazer: o sapato apertado, o absorvente, a depilação, as roupas justas, a calcinha fio dental, esticar o cabelo, tirar a cutícula, passar fome com dietas malucas, colocar silicone e agora fazer plástica na vagina.
Para ser uma mulher com status é preciso, além do desprazer de todas as coisas que precisamos fazer ainda é preciso gozar. Mesmo amando querendo ser outra pessoa e se valendo do bisturi, das tintas e químicas, para buscar um insano padrão de beleza, ainda é preciso gozar.
Não basta um gozo simples, daqueles que demandam muita entrega. É preciso orgasmos múltiplos. Se você não consegue, finge. Ou faz um curso.
Mas para se ter orgasmos múltiplos ou verdadeiros é preciso aprender a ter prazer com a vida que se tem. Gozar da vida, dos seus pequenos e deliciosos detalhes.
Muita gente fala do tal Kama Sutra, mas poucos entendem a profundidade daquela escritura. Ali se ensina, sobretudo, descobrir o prazer em viver. O sabor da água que você come, da comida, dos aromas das flores e dos corpos. Reconhecer o corpo do outro como um convite para a brincadeira em que todos os sentidos estão presentes, ativos: os aromas, as texturas, as temperaturas. Uma brincadeira de um prazer que se aprende todos os dias: o prazer de ter prazer com a vida real.
No dia do orgasmo te convido: vamos gozar da vida?

vilamamifera

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...