quarta-feira, 19 de agosto de 2015

O Amor Pode Dar uma Nova Alma ao Sexo

O Amor Pode Dar uma Nova Alma ao Sexo

"O amor pode dar uma nova alma ao sexo. Depois o sexo é transfigurado, torna-se belo; já não é mais sexo, tem algo do além nele. Tornou-se uma ponte.
Você pode amar uma pessoa porque a pessoa satisfaz o seu sexo. Isso não é amor, apenas barganha. Você pode fazer sexo com uma pessoa porque você a ama; então o sexo segue como uma sombra, parte do amor. Então é belo; então já não é do reino animal. Então algo do além já entrou e se você continuar a amar a pessoa profundamente, pouco a pouco o sexo desaparece. A intimidade torna-se tão preenchedora, então não há mais necessidade de sexo; o amor é suficiente em si mesmo. Quando esse momento chega então há a possibilidade da reverência descer em você.

Quando dois amantes estão tão profundamente apaixonados que o amor é suficiente e o sexo simplesmente cessa – não que tenha sido abandonado, não que tenha sido reprimido, não. Simplesmente desapareceu da sua consciência sem deixar sequer uma cicatriz atrás; então dois amantes estão em total unidade… Porque o sexo divide; a própria palavra sexo vem de uma raíz que significa divisão. O amor une, o sexo divide. O sexo é a causa básica da divisão.
Quando você faz sexo com uma pessoa, uma mulher ou um homem, você pensa que ele os une. Por um momento lhe dá a ilusão de unidade e depois uma vasta divisão de repente aparece. É por isso que depois de cada ato sexual, uma frustração, uma depressão se instala. A pessoa sente-se tão distante do amado. O sexo divide, e quando o amor se aprofunda mais e mais e une cada vez mais, não há necessidade de sexo. As suas energias internas podem encontrar-se sem sexo e vocês vivem em grande unidade."


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...